• Tatiane Aires

Criminosos usam o nome da OMS para roubar de você!

R

ecentemente, a OMS divulgou uma alerta para ataques de phishing em andamento que usam o tema coronavírus e que personificam a organização com o objetivo final de roubar informações e fornecer malware.

...

As mensagens de phishing são camufladas para parecerem enviadas pelos funcionários da OMS e solicitam aos alvos que compartilhem informações confidenciais como nomes de usuário e senhas, redirecionam-nas para uma página de destino de phishing por meio de links maliciosos incorporados nos emails ou solicitam que eles abram anexos maliciosos que contêm payloads de malware.

...

Se você for contatado por uma pessoa ou organização que parece ser da OMS, verifique sua autenticidade antes de responder.

...

Você pode fazer isso seguindo as etapas detalhadas abaixo:

1. Verifique o remetente verificando seu endereço de e-mail – os endereços de remetente da OMS usam o padrão person@who.int.

2. Verifique o link antes de clicar – verifique se os links começam com https://www.who.int ou insira o endereço manualmente no navegador.

3. Tenha cuidado ao fornecer informações pessoais – nunca forneça suas credenciais a terceiros, nem mesmo à OMS.

4. Não se apresse nem se sinta pressionado – não caia em truques criados para pressionar você a clicar em links ou abrir anexos.

5. Se você forneceu informações confidenciais, não entre em pânico – redefina suas credenciais nos sites em que você as usou.

6. Se você encontrar uma fraude, relate-a em https://www.who.int/about/report_scam/en/.

...

Fique de olho e denuncie!

...

Todos juntos contra a fraude ao consumidor moderno!